segunda-feira, 25 de julho de 2011

Saudade (*

A saudade toma conta de mim. Das lembranças, dos momentos marcantes, da bebida mais amarga. Se tornou um refúgio sem fim. Onde nele, posso depositar meus inúmeros desabafos. Meus inúmeros sonhos. Viver já não é só mais uma palavra para mim. É uma obrigação. Eu quero viver sem me esconder. Quero ser eu mesma, quero viver com palavras. A vida é ainda um papel em branco. Eu quero escrever, sem me preocupar com os rabiscos, com os erros. E se algum erro machucar, me perseguir, eu apenas vou virar a página. Lembranças. Saudades. Vida. Pensamentos. Sonhos. Inúmeras palavras que podem me descrever nesse momento. Mas apenas uma palavra pode me completar. Você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...