quarta-feira, 15 de junho de 2011

- E hoje ...

 
tudo o que tenho são fotos tuas, que não tive coragem de rasgar, e alguns presentes que ainda permanecem sobre a minha cama. Eu ainda posso sentir teu cheiro nas minhas almofadas, nos meus lençois. Você está aqui de alguma forma. e é por isso que passo horas nesse quarto trancado, sozinho. Só eu e tuas recordações. Não é a questão de eu gostar de ficar sozinho nem do silêncio - que por hora me faz querer gritar- é que ainda não tive forças para colocar os pés pra fora de casa. Porque lá fora eu não ia ter tuas recordaçoes .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...